ARQUIVO.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Marcos foi expulso do BBB.

A coisa não está boa para Marcos, o ex participante do Big Brother Brasil 2017. Não bastasse a notícia de sua residência médica interrompida, pelo Leo Dias, no Fofocalizando, agora o rapaz foi expulso do Big Brother.

Sem querer fazer o intelectualóide, não assisto o BBB, mas domingo como estava vendo o Fantástico, ou melhor, a tv estava ligada no jornalístico enquanto eu fazia postagens no blogue, vi a cena deprimente do rapaz dando de dedo na cara da menina com quem mantinha relações na casa, além de segurá-la na grama enquanto permanecia sobre seu corpo imobilizado para chorar suas pitangas.
Percebi que a edição do programa estava escancaradamente persuadindo o público a tirá-lo do jogo, já que era uma noite de eliminação. Mas, a outra participante que não teve nem um vídeo exibido, nada que justificasse a sua saída e nem permanência, é que foi a eliminada.

Na segunda-feira o Fábio Porchat fez piadas com a situação, em seu programa na Record, a respeito da agressividade de Marcos e dos votos do público. "Se o público do BBB soubesse fazer escolhas, não assistiria o BBB", disse sob aplausos da plateia.
Essa edição tem sido muito criticada por jornalistas que atuam na área do entretenimento, como a Sonia Abrão que se recusa a falar do reality em seu programa na Rede TV! e só menciona quando não tem jeito.

No entanto, na segunda-feira dia 10 de março, o rapaz foi expulso da casa porque a polícia se envolveu no assunto. A delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, Viviane da Costa, pediu as imagens das discussões entre Marcos e Emilly e instaurou inquérito.
Na manhã desta terça-feira, Marcos publicou uma carta na internet.

"Como todo casal, passamos por momentos de alegria, ansiedade, euforia e tensão. Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto.
O programa tem um formato destinado a levar o nosso emocional ao limite e, consequentemente, os nervos à flor da pele. Repito: jamais tive a intenção de machucá-la ou agredi-la. Estou surpreso com tudo o que está acontecendo. Peço desculpas a todos os envolvidos, Emilly, sua família, demais participantes e a todo o Brasil.
Marcos Harter"

Nenhum comentário: