ARQUIVO.

sábado, 8 de abril de 2017

Trem da Alegria.

Trem da Alegria foi o grupo infantil de maior sucesso na década de 1980, formado com os melhores cantores mirins da época. Apadrinhados por Xuxa Meneghel, surgiram um pouco antes do Xou da Xuxa e encerraram o grupo no último dia do programa.

Tudo começou no SBT.
Em 1983 o SBT promoveu o Festival Internacional da Criança. Era um programa idealizado por Silvio Santos e exibido aos sábados que promoveu a competição entre crianças para a gravação de um disco. Participaram desse programa algumas crianças que ficaram muito famosas, como o Marcelo do grupo Dominó e as que foram chamadas para compor o Trem da Alegria. O Luciano Nassyn, Patricia Marques, Juninho Bill e Vanessa de Carvalho.
Patrícia e Luciano já eram conhecidos do público, ambos se apresentavam em programas de tv, como o Show de Calouros com Silvio Santos.

Em 1984 os dois foram convidados para gravar o álbum Clube da Criança, idealizado por Michael Sulivan, com o palhaço carequinha e Xuxa que apresentava o programa na Manchete. Michael Sulivan foi o produtor dos discos do Xou da Xuxa, com exceção do primeiro. A música É De Chocolate foi regravada no álbum Sexto Sentido, da Xuxa, em 1994.
Em 1985 Juninho Bill entrou para a dupla, formando o trio que recebeu o nome de Trem da Alegria. Nesse ano lançaram o primeiro álbum do grupo intitulado Trem da Alegria do Clube da Criança, do qual duas músicas viraram hits, Uni Duni Tê e Dona Felicidade. E contou com a participação de Fevers, Lucinha Lins, Gal Costa, Menudo, Xuxa e Pelé. Os álbuns seguintes também tiveram participação de cantores famosos.
Em 1986 o grupo ganhou uma nova integrante, a Vanessa. E foi lançado o segundo álbum, que foi o mais bem sucedido, com as canções He-Man, Fera Neném, Na Casca do Ovo e Tic Tac do Amor.
Em 1987, o grupo lançou o terceiro álbum com as canções, Thundercats, Piuí Abacaxi e A Orquestra dos Bichos. Nesse ano Patrícia Marx saiu do grupo para seguir carreira solo. Em seu lugar entrou Fabíola Braga, porém ficou por pouco tempo. Com a saída de Fabíola, Amanda Acosta foi escolhida como a nova integrante. Amanda começou cantando aos 4 anos, no programa do Raul Gil, fez comerciais, campanhas publicitárias fotográficas e integrou o grupo Do Ré Mi ao lado de Paulinho Lima do Show Maravilha.
Em 1988 o grupo lançou o quarto álbum com as canções, Iô-iô, Xa-Xe-Xi-Xo-Xuxa e Pra Ver se Cola.
Em 1989 o grupo lançou o quinto álbum com as canções Jaspion/Changeman e Pula Corda. Nesse ano Luciano e Vanessa deixaram o grupo e Rubinho foi o escolhido para integrar o Trem que manteve, então, três crianças da mesma faixa de idade. O grupo participou do filme A Princesa Xuxa e os Trapalhões.
Em 1990 o grupo lançou o sexto álbum, dessa vez sem nenhum herói como tema e tentando se conectar com o hit do momento que era a lambada, embora no álbum tivesse uma música para o Batman. Foram lançadas as canções, Lambada da Alegria e Lambada Danada. Nesse ano o grupo visitou Luanda e Portugal, onde realizou sua única turnê internacional.
Em 1991 o grupo lançou o sétimo álbum com as canções, O Lobisomem, Tartaruga Ninja e O Passarinho. Nesse ano foi realizado um concurso pela extinta Rádio Cidade para escolher um novo integrante com a intenção de substituir Juninho Bill, que então já estava com quatorze anos. O escolhido foi Ricky Bueno, que competiu com mais 10 mil outros inscritos e chegou a se apresentar com o grupo com a, ainda, presença de Juninho, permaneceu por aproximadamente 1 ano e meio e a gravadora desistiu de tirar Juninho Bill, pois àquela altura seria um tanto arriscado tirar seu integrante mais antigo.
Em 1992 o lançamento foi de uma coletânea dos sucessos do grupo com mais quatro canções inéditas, Tchaca Tchaca, Alguém no Céu, Queremos Mambo e Torre de Babel.
No dia 31 de dezembro o grupo realizou sua última apresentação durante a última edição do programa Xou da Xuxa.

Por onde andam.
Luciano Nassyn estudou música, tornou-se produtor, lançou álbuns solos e faz shows cantando as canções do Trem da Alegria.
Patrícia Marques lançou vários discos solos, de sucesso. Depois mudou o nome de Marques para Marx e mudou o estilo musical. Em 1999 se mudou para Inglaterra, fez turnê na Europa e voltou ao Brasil em 2010.
Vanessa de Carvalho fez parceria com Luan, juntos fizeram muito sucesso com a canção Quatro Semanas de Amor. Integraram o grupo Cantores de Deus e depois se mudaram para os Estados Unidos onde fundaram uma gravadora.
Fabíola Braga integrou um grupo, junto com seus irmãos, chamado Fabíola e os Heróis do Futuro, depois que cresceu gravou músicas gospel, escreveu livros e se tornou missionária evangélica.
Juninho Bill teve diversas bandas, entre elas Acesso Livre, Schulapa e Astros. Aos 19 anos, abandonou a carreira musical para ser jogador de futebol e passou pelo Corinthians, Portuguesa, Sinop do Mato Grosso e pelo Rio Branco de Americana. Nesse meio-tempo, fez faculdade de jornalismo e se tornou produtor de televisão entre os programas que trabalhou estão CQC e Agora é Tarde da Band.
Rick Bueno Continuou na música, montou uma banda de rock chamada Os Fugitivos.
Amanda Acosta se dedicou à carreira de atriz e apresentadora. Ela participou de várias peças e musicais, gravou a novela O Mapa da Mina na Globo e Chiquititas, em 2013, no SBT.
Rubinho Cabrera voltou para Curitiba, sua cidade natal, e se dedicou à carreira musical. Tem uma empresa que produz músicas sob encomenda e é tecladista da banda Sex Machine, que toca pop e rock em festas e eventos.

Curiosidades.
Algumas canções do Trem da Alegria seriam consideradas, hoje, politicamente incorretas. Uma delas dá apelidos para pessoas, de acordo com o seu nome, e outra é um bullyng total para crianças que tem cabeça grande.
Com exceção das inéditas da compilação de 1992, Xuxa participou de todos os discos do Trem da Alegria.
O Trem da Alegria se apresentou no primeiro programa do Xou da Xuxa e no último também.
Os integrantes do grupo já se encontraram algumas vezes na tv.
Em 2001, no Altas Horas na Rede Globo: Vanessa, Amanda, Luciano e Juninho Bill.
Em 2009 no TV Xuxa na Rede Globo: Amanda, Luciano, Juninho, Rubinho e Ricky.
E em 2016 no Xuxa Meneghel na Record: Luciano e Patrícia. 
Luciano e Patrícia foram namorados.
Em 2003 o grupo foi recriado. A nova formação foi constituída por Bárbara Serafim, João Augusto Matos, Yago Silva e Sayuri Oishi. O novo Trem da Alegria lançou dois álbuns e durou 3 anos.

Para assistir esse conteúdo, clique aqui.

Nenhum comentário: