ARQUIVO.

sexta-feira, 24 de março de 2017

Ranger amarela é homossexual.

Power Rangers, a nova aventura da trupe de heróis atualmente nos cinemas, tem uma personagem homossexual. Trini, a Ranger Amarela (papel de Becky G), ostenta o título de primeira super-heroína assumidamente lésbica de Hollywood.
“Trini está questionando quem ela é. Ela ainda não se descobriu completamente. Eu acho que o bom é dizer que todas as crianças têm que descobrir quem são e encontrar a própria tribo”, disse o diretor Dean Israelite.

Quem ficou feliz com a notícia foi David Yost, que interpretou o Ranger Azul na série que foi ao ar em 1993. Yost falou sobre a mudança dos tempos de ter a heroína abertamente homossexual e das piadas que faziam sobre sua sexualidade.
“Eu soube dos boatos de Trini há cerca de um mês e pensei: ‘Que interessante’. Claro que fiquei muito feliz e empolgado que produtores e o diretor assumiram isso e se dispuseram a representar a comunidade LGBT. Faz sentido quando você pensa sobre isso, já que Trini vai questionar sua sexualidade na angústia que é a adolescência. Estou ansioso para ver o resultado de como isso vai acontecer”, disse Yost.

Quando é questionado se tem um recado para mandar aos haters que criticarão o filme, Yost foi direto. “Eu encorajaria a abrir o coração. Se tem algum tipo de religião, eu apenas diria para seguirem esse trecho da Bíblia: ‘Aquietai-vos, e sabei que eu sou Deus’. Se você fizer isso, sabe que de modo algum você deve julgar outro ser humano”, finalizou o ator.

Nenhum comentário: