ARQUIVO.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Somos muito suscetíveis a falsas lembranças

A maioria de nós está muito certo quanto às nossas lembranças, e porque não deveríamos estar? Em um mundo estranho e em constante mudança, que muitas vezes não faz sentido, nossas experiências podem ser uma das poucas coisas que nos prendem a realidade.
Pero, no mucho.
Relembrando alguns fatos da minha infância fico na dúvida se minhas recordações fazem jus ao que de fato vivi, pois as crianças tem uma visão diferente do adulto e suas experiências são mais intensas, desvinculadas de todos os condicionamentos a que nos submetemos quando crescemos. Veja sobre isso no post "A Mente Apaga Registros Duplicados".
Cientistas já realizaram experimentos sobre a memória e descobriram que é incrivelmente fácil plantar falsas memórias no cérebro. Segundo um pesquisador, a razão pela qual somos tão facilmente enganados é porque nossas mentes tentam registrar tudo ao nosso redor, mas evidentemente não conseguem, o que leva a falhas na memória. Para lidar com isso, as nossas mentes plantam automaticamente quaisquer falsas memórias que parecem fazer sentido com base no nosso conhecimento e experiência.
Mas fica ainda pior. Em um experimento, os pesquisadores convenceram uma mulher que ela havia se perdido em um shopping quando era criança. Não só ela acreditou neles, mas também começou a dar mais detalhes sobre uma velha mulher que a tinha ajudado a encontrar seus pais. Os pesquisadores foram capazes de convencê-la tão bem que, quando lhe disseram que a memória era falsa e que tudo tinha sido uma experiência, ela não acreditou neles. Seus pais tiveram que ser chamados para confirmar que ela não tinha se perdido no shopping.
Acredito que essa reação seja o que o post "As Alças Da Mente" explica. Não queremos mudar, temos medo do novo e muitas vezes incapazes de lidar com os desafios, ainda que seja simplesmente aceitar a realidade.

Nenhum comentário: